Get a site

Tuchel e o FC Porto: “Se começamos a fazer contas, perdemos a cabeça”

Treinador do Chelsea ainda não pensa em lutar pela conquista da Champions e está apenas focado em eliminar o FC Porto na segunda mão dos quartos de final.

Thomas Tuchel, treinador do Chelsea, ainda não pensa em vencer a Liga dos Campeões, na medida em que não dá como vencida a eliminatória dos quartos de final contra o FC Porto.

“Não podemos perder tempo com sonhos, discursos ou seja o que for. Temos de lutar na segunda mão dos quartos de final. Depois de amanhã poderemos falar das meias-finais, mas, para já, temos de dar tudo, tanto eu, como treinador, como os jogadores”, afirmou.

O técnico alemão, que assumiu o comando técnico dos “blues” já no decorrer desta temporada não esconde, porém, a ambição de vencer troféus.
“Quando estás nos quartos de final da Liga dos Campeões não encontras nenhuma equipa que não queira chegar à final. O Chelsea tem uma cultura que passa por ganhar títulos. O Chelsea tem a história, a mentalidade e a estrutura para ganhar títulos. É para isso que estou aqui. Mas não sei se o conseguirei agora ou daqui a cinco anos. Podemos falar durante horas sobre isso, mas não há outro obstáculo para ultrapassar que não seja o FC Porto”, aponta.

Depois de ter batido os Dragões por 2-0 na primeira mão, Tuchel deixa elogios aos caráter da equipa de Sérgio Conceição e recorda que Manchester City e Juventus tiveram dificuldades contra o FC Porto.

“O FC Porto é uma equipa orgulhosa, que joga com muita paixão. Nem sempre funciona o jogo direto. Por vezes, a nossa qualidade resulta, outras não conseguimos encontrar oportunidades. Eles conseguiram fazer pressão e criar perigo no ataque, sobretudo na primeira parte. Tivemos momentos difíceis na primeira mão, mas temos de aceitar que isso acontece perante equipas como o FC Porto, tal como aconteceu ao Manchester City ou à Juventus”, recorda.

A abordagem ao jogo é mais fácil para o FC Porto no entendimento de Tuchel, porque é “é entrar em campo para marcar três golos”. “Para nós, se começamos a fazer contas, perdemos a cabeça. Teremos de fazer o nosso melhor amanhã. Esperar o melhor dos jogadores em campo e daqueles que estão no banco para entrar”, termina.

O Chelsea-FC Porto, que terminou com uma vitória inglesa por 2-0 na primeira mão, está marcado para terça-feira, às 20h00, no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha.

Fonte: rr.sapo.pt