Get a site
14 Junho, 2021

Nação Portista

A vencer desde 1893

“Não há cortina de fumo que o possa mascarar: a atual classificação é uma mentira”

Críticas do FC Porto à arbitragem após o encontro com o Moreirense.

As críticas do FC Porto à arbitragem do encontro de Moreira de Cónegos centram boa parte da newsletter do clube desta terça-feira. Os dragões começam o texto apontando a um lance que envolveu Abdu Conté e Francisco Conceição.

“O Moreirense-FC Porto de ontem pode muito bem ser explicado através de um único lance: ao minuto 81, Francisco Conceição foi atropelado na área do Moreirense. O árbitro Hugo Miguel nada assinalou. O videoárbitro António Nobre, confortavelmente instalado, com acesso a imagens que não deixam margem para qualquer dúvida, não interveio. Um penálti indiscutível ficou por marcar – em linha com o que já se tinha passado antes e com o que ainda viria a acontecer depois”, pode ler-se.

O FC Porto menciona depois outros lances, colocando mesmo em questão as linhas de fora de jogo no golo anulado a Toni Martínez por dez centímetros. “O que torna este lance ilustrativo do que foi a globalidade do jogo que terminou empatado a uma bola é, por isso, o facto de não ter sido caso único. A última jogada do encontro, uma falta sobre Luis Díaz cometida já dentro da área, resultou apenas em livre direto. E muito mais haveria a discutir, desde um toque de Abdoulaye na perna de Pepe, também dentro da área, num lance em que o central do Moreirense não jogou a bola, até à fiabilidade da colocação de linhas para descortinar um alegado fora de jogo de dez centímetros – que invalidou o 1-2 marcado por Toni Martínez já depois dos 90 – num estádio com as características do de Moreira de Cónegos”, menciona o clube.

O que se passou ontem, por azar ou incompetência do árbitro e, especialmente, do videoárbitro, foi um grave atentado à verdade desportiva, que teve como consequências diretas a perda de dois pontos pelo FC Porto e o alargamento para seis da distância para o primeiro classificado. Não há cortina de fumo que o possa mascarar: a atual classificação da Liga é uma mentira.

Fonte: ojogo.pt