Get a site

Missão cumprida em Tondela (0-2)

Golos de Toni Martínez e de Mehdi Taremi deram a vitória na visita a Tondela (2-0), referente à 26.ª jornada da Liga.

O FC Porto venceu o Tondela (2-0), em jogo da 26.ª jornada da Liga. Toni Martínez (18m) e Mehdi Taremi (83m) fizeram os golos dos portistas, que permitem ao FC Porto chegar aos 60 pontos na tabela classificativa e manter-se no segundo lugar, a cinco pontos do Sporting, que tem menos um jogo disputado.

Bem o provérbio nos diz que “em abril, águas mil”, e foi mesmo a chuva intensa que caiu no Estádio João Cardoso a causar maior preocupação a Agustín Marchesín, que a teve de tentar escoar da sua área enquanto o FC Porto dominava completamente o Tondela no seu meio-campo ofensivo. Na primeira parte, o guarda-redes argentino só fez uma defesa, o que espelha o domínio ofensivo azul e branco que, em ataque posicional, tentou fazer oscilar a muralha beirã posicionada em frente à baliza de Pedro Trigueira. Pepe conseguiu mesmo desmontar a defensiva do Tondela com um passe longo a desmarcar Toni Martínez, que “matou” no peito e, à meia volta, atirou cruzado e adiantou os portistas no placar (18m). O avançado espanhol foi uma das três alterações no onze de Sérgio Conceição (juntamente com Diogo Leite e Evanilson), que o chamou à titularidade pela segunda vez na Liga, o mesmo número de vezes que partilhou a frente de ataque com Evanilson.

Após dois terços de uma etapa complementar que foi o seguimento lógico da inaugural, com domínio, equilíbrio e muito jogo posicional do FC Porto, e numa altura em que o Tondela tentava arriscar algo mais para procurar o empate face à vantagem mínima dos Dragões, Taremi saltou do banco diretamente para a lista de marcadores. O avançado iraniano respondeu afirmativamente a um cruzamento de Otávio (83m) e tanto encerrou o destino da partida como travou o período de oito jogos sem faturar pelos azuis e brancos.

Depois de mais uma final no campeonato, segue-se a segunda batalha da guerra de Sevilha (terça, 20h, TVI/Eleven Sports), em que o FC Porto fará, certamente, das tripas coração para reverter o resultado desfavorável da primeira mão dos “quartos” da Liga dos Campeões.

Fonte: fcporto.pt