Get a site
4 Agosto, 2021

Nação Portista

A vencer desde 1893

Campeões invictos de mão quente

FC Porto venceu o Boavista (46-31) e ganhou o 29.º jogo em 29 disputados no campeonato.

No primeiro jogo após a consagração, o FC Porto venceu o Boavista (46-31), tendo atingido a segunda melhor marca de golos marcados no campeonato nacional nesta época.

Os Dragões não relaxaram perante o estatuto de campeões nacionais e entraram a todo o gás diante do Boavista, estabelecendo um parcial de 5-0 no começo da partida. Só aos 4m40s o FC Porto sofreu o primeiro golo e a partida parecia já ir para diferenças inatingíveis, mas, após um período de ineficácia dos portistas, o Boavista chegou ao empate a sete minutos do intervalo. Os campeões nacionais, ainda antes do interregno, clarificaram as ideias ofensivas e no final dos primeiros 30 minutos restava uma diferença de quatro golos entre os dois conjuntos (21-17).

Na etapa complementar, não houve espaço para qualquer vacilo e foi atingida a segunda melhor marca de golos faturados na temporada: 46. Numa partida que terminou com 77 golos (46-31), o destaque foi ainda para Diogo Rêma, que se mostrou sólido na baliza azul e branca, e para Pedro Oliveira que, sem qualquer receio, se exibiu a um bom nível na primeira divisão nacional.

“Começámos bem, depois perdemos a concentração. Normalmente vamos atrás de marcar golos, mas na defesa estivemos muito bem. Descansámos alguns jogadores, jogámos com uns novos, foi um bom jogo, não muito pesado, divertimo-nos, estamos livres no fim de semana, podemos recuperar. Temos o Gaia na próxima semana e depois começamos a preparação para a Taça. O objetivo é dar mais tempo ao Diogo Rêma, sabemos que é um grande talento, não estou tão contente com a defesa, não o ajudaram muito, nem sempre é fácil, mas ele fez um bom jogo. Também o Pedro não está connosco muitas vezes, mas às vezes é divertido dar tempo aos mais novos e eles aproveitarem”, afirmou Magnus Andersson no final da partida.

O FC Porto volta a entrar em ação na próxima quarta-feira (20h, Porto Canal/FC Porto TV), frente ao Gaia, na 30.ª e última jornada do Andebol 1.

FICHA DE JOGO

BOAVISTA-FC PORTO, 31-46
Andebol 1, 29.ª jornada
27 de maio de 2021
Dragão Arena

Árbitros: Flávia Santos, Sara Pinto

BOAVISTA: Carlos Guimarães e Sérgio Morgado (g.r.); Eduardo Mendonça, Bernardo Ferreira (1), Rui Oliveira (5), Tiago Ferreira, Bernardo Poças (1), Luís Fonseca, Fred Santos (2), Dinis Mota (4), António Aparício (10), Francisco Lopes (3), Henrique Figueiredo (3), João Saavedra (2), Gonçalo Coelho
Treinador: Yuriy Kostetskyy

FC PORTO: Márton Székely e Diogo Rema (g.r.); Victor Iturriza (3), Manuel Spath, Miguel Martins (2), Djibril M’Bengue (3), Rui Silva, Daymaro Salina (5), Pedro Oliveira (5), Ivan Sliskovic (5), Diogo Branquinho (8), Diogo Silva (2), António Areia (3), André Gomes (4), Miguel Alves (5) e Fábio Magalhães (1)
Treinador: Magnus Andersson

Ao intervalo: 21-17

Fonte: fcporto.pt