19 Setembro, 2021

Nação Portista

A vencer desde 1893

André Almeida “está preparado” para o FC Porto, mas “precisa de continuar a jogar”

Alex Costa, antigo treinador do médio, fala do perfil de um jovem de 21 anos e do que será a melhor decisão para o seu futuro próximo.

Alvo da cobiça do FC Porto, o médio André Almeida do Vitória de Guimarães deveria optar por continuar num projeto desportivo onde fosse aposta permanente e pudesse evoluir antes de dar o salto para um patamar de maior exigência.

Alex Costa treinou o jovem de 21 anos na formação minhota e na equipa B e considera que o eventual chamamento dos Dragões pode não ser, para já, a melhor opção.

“Se puder continuar a jogar num clube como o Vitória, se puder continuar a crescer e a demonstrar todo o seu potencial estará ainda mais preparado para quando der o salto para um clube de maior dimensão”, explica em Bola Branca.

A chegada a um desafio que lhe retire “a possibilidade de continuar a crescer” pode nesta fase da carreira ser contraproducente. Alex entende que André Almeida está preparado para um desafio com outra dimensão, porque no Vitória ganhou essa dimensão, mas só se for para jogar com muita regularidade.

O médio “é muito inteligente”, com bases, o que lhe “permite entender bem o jogo” e que queimou etapas na formação por “ter maturidade” para esse pulo. Alex classifica André como “um médio à antiga”, que “gosta de ter bola, que decide bem” e que neste momento tem de “melhorar o seu processo defensivo”.

André Almeida precisa de trabalhar com “um grupo e com um treinador que o faça crescer ainda mais”. O jovem de 21 anos tem contrato com os vimaranenses por mais uma temporada, até junho de 2022.

Fonte: rr.sapo.pt