Get a site
24 Julho, 2021

Nação Portista

A vencer desde 1893

A um passo da perfeição

FC Porto bateu o Águas Santas (33-31) e está na final da Taça de andebol.

O FC Porto carimbou o passaporte para a final da Taça de Portugal em andebol. Ao final da tarde deste sábado, em Pinhel, os bicampeões nacionais derrotaram o Águas Santas por dois (33-31) e garantiram a presença no derradeiro encontro da prova. Menos de 72 horas depois de selarem a conquista do título nacional com a 30.ª vitória em 30 jornadas, os comandados de Magnus Andersson foram ao distrito da Guarda bater a formação maiata nas “meias” e marcar encontro com o Benfica na final.

Pautada pelo equilíbrio desde cedo, a contenda arrancou com o Águas Santas especialmente certeiro, rapidamente construído em vantagens de três e quatro golos que se esfumaram à ida para o intervalo (13-14). No início da etapa complementar, o FC Porto reagiu e colocou-se na liderança do marcador pela primeira vez desde o 1-2. Um excelente parcial do azul e branco abriu a distância para quatro (16-20), antes de o conjunto de Marco Sousa reagrupar e levar a partida para prolongamento (27-27). Aí, os Dragões não deram hipóteses e confirmaram de forma superlativa o favoritismo que lhes era atribuído desde o sorteio das meias-finais graças a um triunfo por 33-31. Com sete golos, Victor Iturriza e Diogo Branquinho foram os principais destaques do segundo jogo da Final Four.

A final da Taça de Portugal, entre FC Porto e Benfica, joga-se a partir das 17h00 deste domingo (RTP 2), novamente no Pavilhão Multiusos de Pinhel.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-ÁGUAS SANTAS, 33-31
Taça de Portugal, meia-final
5 de junho de 2021
Pavilhão Multiusos de Pinhel

Árbitros: Mário Coutinho e Ramiro Silva

FC PORTO: Nikola Mitrevski e Márton Székely (g.r.); Victor Iturriza (7), Manuel Spath, Miguel Martins (4), Djibril M’Bengue (1), Rui Silva (2), Daymaro Salina (4), Ivan Sliskovic (1), Leonel Fernandes, Diogo Branquinho (7), Diogo Silva, António Areia (3), André Gomes (2), Miguel Alves (1) e Fábio Magalhães (1)
Treinador: Magnus Andersson

ÁGUAS SANTAS: António Campos e Rafael Azevedo (g.r.); Vasco Santos, Fábio Teixeira, Ricardo Mourão (4), Pedro Marques (5), José Barbosa, Pedro Cruz (12), Miguel Neves, Mário Lourenço (4), Carlos Santos (3), Francisco Fontes (2), Mário Oliveira, Nuno Pereira, João Gomes (1) e Ricardo Rocha
Treinador: Marco Sousa

Ao intervalo: 13-14

Fonte: fcporto.pt