Get a site

Zaidu: o interesse do FC Porto ao pormenor e um sprint impressionante

O potente lateral esquerdo do Santa Clara interessa aos dragões, mas os açorianos aguardam por proposta.

Alex Telles está de saída do FC Porto e os dragões apontam a Zaidu Sanusi, lateral esquerdo do Santa Clara, como prioridade para reforçar a defesa no imediato. Neste momento o jogador não passa de um alvo, mas, sabe O Jogo, é muito provável que a proposta chegue aos açorianos nos próximos tempos, possivelmente depois de a época terminar (o FC Porto joga a final da Taça de Portugal a 1 de agosto).

Os responsáveis pelo futebol azul e branco sabem tudo sobre o jogador, conhecem o seu perfil com rigor e acreditam que, aos 23 anos, tem um potencial que lhe permite não só ser opção de imediato como evoluir e tornar-se um valioso ativo da SAD.

É possível que os dragões contratem até mais do que um lateral-esquerdo para a nova época mas, para já, é o jogador do Santa Clara que está na linha da frente. E a prioridade do jogador será sempre o FC Porto, apesar de cada vez mais clubes procurarem os seus representantes. O Arminia Bielefeld, que subiu à Bundesliga, foi o primeiro a atacá-lo. Entretanto choveram abordagens de França, uma da Holanda e, mais recentemente, de Itália. Para já, propostas concretas não chegaram ao detentor do seu passe, como ainda na quinta-feira Rui Cordeiro, presidente do Santa Clara, garantiu à Rádio Renascença.

Zaidu é um lateral especialmente alto (1,82 metros) e que até jogou no passado como central. Foi nesta qualidade que chegou aos Açores, contratado ao Mirandela, do Campeonato de Portugal, mas a verdade é que rapidamente se afirmou à esquerda. Curiosamente, estreou-se como titular no FC Porto-Santa Clara, que os azuis e brancos venceram por 2-0. Recentemente passou também pela posição de médio ala, mas é a lateral que tem feito a diferença e onde se lhe projeta maior futuro. O Santa Clara já percebeu que vai rentabilizar o jogador e está confortável, pois mantém-no seguro com um contrato válido até junho de 2022. Tem ainda opção para mais dois anos, mas por esta altura isso pouca diferença fará.

Ao O Jogo, Diogo Boa Alma, diretor desportivo dos açorianos, apontou o jogador a um clube de topo e garantiu que o Santa Clara vai realizar este verão o maior encaixe financeiro de sempre, numa verba superior aos 3,25 milhões de euros que rendeu Kaio Pantaleão na transferência para o Krasnodar. Esse será, portanto, o valor mínimo para libertar Zaidu, que há pouco mais de um ano jogava no Campeonato de Portugal, em Mirandela.

Apanhado a 35 km/h num jogo contra o Tondela

O perfil do jogador está devidamente avalizado por Sérgio Conceição. A tremenda capacidade física e a velocidade são os atributos em que primeiro se repara quando se vê este jogador. O Santa Clara chegou a apanhá-lo em excesso de velocidade num jogo contra o Tondela: 35 km/h mediu o velocímetro. Alphonso Davies, do Bayern Munique, registou a mesma velocidade e espantou o Mundo.

Recentemente, com o Aves, pegou na bola à saída da sua área, percorreu cerca de 70 metros e ofereceu o golo a um colega. Foi a terceira assistência da época. Além da pujança que lhe permite fazer todo o corredor, o esquerdino é fortíssimo no espaço aéreo, por ter sido central em muitos jogos no Mirandela. Marcou de cabeça ao Benfica e quase repetiu em Alvalade.

Na sexta-feira, após o empate entre Santa Clara e Vitória de Guimarães, João Henriques, treinador que deixa o banco dos açorianos, elogiou Zaidu, apelidando-o de “diamante já lapidado, com algumas arestazinhas por tratar”.

Fonte: ojogo.pt