Will Sheehey volta a ser Dragão

Extremo norte-americano de 27 anos envergará a camisola portista até ao final da temporada.

Will Sheehey está de regresso à Invicta e é o mais recente reforço da equipa de basquetebol dos Dragões. O extremo de 27 anos (1,98m) estava ao serviço do S. Oliver Würzburg, atual sétimo classificado da Liga alemã, e assinou um contrato válido até ao final da presente época. Apesar do interesse do Benfica, o norte-americano fez questão de escolher o FC Porto para mais um período em Portugal.

Nascido em Stuart, no estado da Flórida, a 16 de janeiro de 1992, o basquetebolista formou-se na Universidade de Indiana, pela qual jogou entre 2010 e 2014, ano em que chegou à Europa para representar o KK Buducnost, de Montenegro. Passou ainda pela Grécia, onde foi jogador do Panionios BC, e por França para defender as cores do Boulogne-sur-mer, antes de regressar aos Estados Unidos para conquistar a G-League com os Raptors 905, filial dos Toronto Raptors, atuais campeões da NBA.

Entre 2017 e 2019, no FC Porto, o antigo capitão dos Hoosiers realizou 78 partidas e venceu uma Taça de Portugal. Acabou a temporada inicial como o portista com a segunda melhor média de pontos por jogo (15,5) e na seguinte foi mesmo o melhor dos azuis e brancos a esse nível (18,3).

Will Sheehey é um extremo vocacionado para as duas posições exteriores, 2 e 3, mas também pode atuar na posição 4, graças à sua lucidez tática e aptidão física. Seis meses depois da saída, confessa-se “entusiasmado por estar de volta” e “motivado para integrar o plantel”, estando focado em “ganhar a Taça e o Campeonato Nacional, como sempre”.

Entusiasmo
“Estou muito entusiasmado por estar de volta. Adoro jogar aqui e por isso estou mesmo muito feliz por regressar.”

O regresso
“Estava disponível e à procura de outro clube. Decidi entrar em contacto com o FC Porto, sabia que havia aqui jogadores lesionados e manifestei a minha disponibilidade para substituí-los.”

Vontade de ajudar o grupo
“Tenho acompanhado mais ou menos o que o FC Porto tem feito. Estava noutra equipa, o que não me permitia ficar a par de tudo, mas sei que este grupo tem jogado bem e estou motivado para integrar o plantel.”

Objetivos
“Quero ganhar a Taça e o Campeonato Nacional, como sempre.”

Adeptos
“Espero que estejam contentes. Gostei muito de jogar aqui e espero que eles tenham apreciado os meus desempenhos. Estou feliz por voltar e por vê-los novamente.”

Fonte: fcporto.pt