Uma dezena de golos a fechar o ano

Azuis e brancos receberam e bateram o Riba d’Ave HC (10-5), no último jogo em 2019.

O FC Porto goleou esta tarde o Riba d’Ave HC por 10-5, no Dragão Arena, em encontro da décima primeira jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Foi a oitava vitória na prova do conjunto portista, que passa a somar 25 pontos.

Num início de jogo a um ritmo elevado, três golos em apenas cinco minutos. Foi, de resto, a equipa visitante a inaugurar o marcador aos três minutos através de Diogo Casanova. Mas a resposta portista não podia ser melhor já que Rafa empatou a partida ainda dentro do mesmo minuto. Depois começou o espetáculo de Gonçalo Alves, que colocou os azuis e brancos em vantagem aos cinco minutos, na conversão de uma grande penalidade. O camisola setenta e sete do FC Porto chegou ao hat-trick num minuto apenas.

A primeira parte foi bastante rica no que diz respeito a golos e aos onze minutos Carlo Di Benedetto fez o 5-1. Logo a seguir Reinaldo García fez o sexto dos dragões, antes de Hugo Azevedo reduzir para o Riba d’Ave (6-2). Antes do intervalo houve tempo, ainda, para o 7-2 de Giulio Cocco, aos 14 minutos, e para o tento de Luís Melo, para os visitantes.

Depois de dez golos na primeira parte o segundo tempo foi menos produtivo nesse aspeto. Ainda assim, Gonçalo Alves quis juntar mais um golo à conta pessoal e fez o 8-3, novamente através de uma grande penalidade. A manita chegou aos 32 minutos, desta feita, de livre direto.

O minuto 41 trouxe a dezena de golos para os azuis e brancos e o primeiro para o jovem colombiano Andrés Zapata. Antes do final houve tempo, ainda, para o segundo golo de Hugo Azevedo na partida e para o 10-5 final assinado por Dinis Abreu.

Para Guillem Cabestany, a equipa fez um bom jogo mas concedeu demasiadas ocasiões ao adversário: “O golo do Riba d’Ave serviu para nos alertar. Acho que a primeira parte foi muito boa, com alguns erros, apenas, que resultaram nos contra-ataques do Riba d’Ave. O resultado é muito bom porque queríamos ganhar, mas não podemos conceder tantas oportunidades, inclusivamente na segunda parte”.

O FC Porto volta a entrar em campo já no ano de 2020, mais precisamente no dia 4 de janeiro, com uma receção ao HC Tigres.

FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-RIBA D’AVE HC, 10-5
Campeonato Nacional, 11.ª jornada
22 de dezembro de 2019
Dragão Arena, Porto

Árbitros: Ricardo Leão e Miguel Guilherme

FC PORTO FIDELIDADE: Xavier Malián (g.r.), Rafa, Carlo Di Benedetto, Reinaldo García (cap.) e Gonçalo Alves
Suplentes: Tiago Rodrigues (g.r.), Giulio Cocco, Andrés Zapata, Poka e Sergi Miras
Treinador: Guillem Cabestany

RIBA D’AVE HC: Pedro Freitas (g.r.), Tomás Pereira, Diogo Casanova, Diogo Seixas (cap.) e Hugo Azevedo
Suplentes: Diogo Fernandes (g.r.), Nuno Pereira, Luís Melo, Daniel Pinheiro e Dinis Abreu
Treinador: Horácio Ferreira

Ao intervalo: 7-3
Marcadores: Diogo Casanova (3m), Rafa (3m), Gonçalo Alves (5m, 6m, 6m, 29m, 32m), Carlo Di Benedetto (11m), Reinaldo García (11m), Hugo Azevedo (13m, 44m), Giulio Cocco (14m), Luís Melo (21m), Andrés Zapata (41m), Dinis Abreu (50m)

Fonte: fcporto.pt