Get a site

Samuel Caldeira foi o melhor portista no arranque da Volta ao Algarve

Holandês Fabio Jakobsen (Deceuninck-Quick-Step) venceu primeira etapa entre Portimão e Lagos.

Samuel Caldeira foi o ciclista mais bem classificado da W52-FC Porto na etapa inaugural da 46.ª edição da Volta ao Algarve, ganha pelo segundo ano consecutivo por Fabio Jakobsen (Deceuninck-Quick Step). O ciclista holandês impôs-se ao sprint no final da etapa e tornou-se assim o primeiro a vestir a camisola amarela desta edição da prova. O portista Samuel Caldeira terminou em 22.º lugar, com o mesmo tempo que o vencedor, o percurso de 195,6 quilómetros entre Portimão e Lagos, numa tirada que favoreceu os velocistas.

Amaro Antunes foi o segundo mais bem posicionado entre os sete corredores azuis e brancos em competição (25.º), seguido de João Rodrigues (52.º), Daniel Mestre (53.º), Edgar Pinto (56.º), Ricardo Mestre (70.º) e Jorge Magalhães (115.º).

A segunda etapa da Algarvia, a prova mais internacional do calendário português, decorre esta quinta-feira entre Sagres e o alto da Fóia, em plena Serra de Monchique. Um trajeto com 183,9 quilómetros e duas metas volantes (Aljezur e Monchique), para além de quatro contagens de montanha (1.ª, 2.ª e 3.ª categoria). A etapa beneficia os trepadores, com o troço final a corresponder a uma subida de oito quilómetros que apresenta uma inclinação média de 6,3%.

Fonte: fcporto.pt