Otávio no onze do FC Porto é para ficar

Bom momento do brasileiro e a maior experiência em relação a Romário Baró justificam a continuidade na equipa. No domingo, não só desequilibrou no ataque como foi importante a defender.

Otávio aproveitou da melhor forma a impossibilidade de Romário Baró jogar, devido a uma lesão que sofreu ao serviço dos Sub-21, e agarrou a titularidade no FC Porto.

O brasileiro assinou uma grande exibição contra o Portimonense – foi inclusive eleito o MVP por parte da Liga Portugal – e, tudo indica, vai manter-se na equipa na receção ao Young Boys, depois de amanhã (20h00) na estreia dos dragões na Liga Europa. Otávio tem tudo a seu favor nesta altura: o bom momento de forma, a maior experiência europeia e o facto de Baró ainda não estar a cem por cento.

Sérgio Conceição gostou da prestação de Otávio, não só pela criatividade que ofereceu à equipa, mas também pelo que produziu em termos defensivos, ajudando a que o Portimonense não tivesse chegado à baliza de Marchesín até aos 74″, quando reduziu o marcador. O extremo foi a única novidade no onze em relação aos últimos jogos e os números ajudam a perceber a qualidade da exibição.

Desde logo, ganhou o penálti para o 1-0, fez dois remates e sete passes para o último terço do terreno, num total de 70% de ações bem sucedidas com bola. Conseguiu ainda sete cruzamentos e foi eficaz nos três dribles que tentou. Sempre bem posicionado, Otávio alcançou ainda oito recuperações de bola e duas interceções. Saiu já nos descontos, para o tudo por tudo, quando Sérgio Conceição lançou Fábio Silva.

A verdade é que Otávio justificou a chamada ao onze, mais de um mês depois de ter entrado de início na derrota com o Gil Vicente. Desde então só tinha jogado 30 minutos, divididos por dois encontros. Romário Baró surgiu na equipa a partir da goleada com o V. Setúbal, manteve-se no clássico da Luz e só mesmo uma contusão no joelho direito o afastou da equipa.

A resposta de Otávio, porém, deve manter o jovem internacional português fora das opções. Em Portimão, Romário nem sequer fez o aquecimento, tendo assistido à partida na bancada, ao lado e Diogo Leite e Mbaye. Contra o Young Boys já estará em condições de, pelo menos, ir para o banco de suplentes…

Fonte: ojogo.pt