Nakajima: “Jogar à esquerda ou no meio é igual para mim”

Nakajima leva um golo marcado na fase de qualificação para o campeonato do mundo de 2022, contra Mianmar.

Com o moral em alta no Japão, onde é visto como uma das principais figuras da seleção, Shoya Nakajima chegou ao Quirguistão determinado em conseguir o que lhe escapou contra a Mongólia: golos. “Eu quero marcar em todos os jogos para ajudar a equipa”, referiu o jogador do FC Porto, que procura “tirar sempre o positivo e o negativo” de todos os encontros em que participa para “continuar a crescer”.

No próximo, agendado para terça-feira, até poderá surgir numa posição mais interior do que o habitual. Contudo, “Naka” diz-se pronto para tudo o que o selecionador Hajime Moriyasu entender. “Embora os papéis sejam diferentes, jogar à esquerda ou no meio é igual para mim”, referiu o nipónico que, no primeiro treino no relvado sintético da capital do Quirguistão, se limitou a efetuar corrida. Nos azuis e brancos, de resto, já desempenhou as duas missões (extremo e número 10), com resultados bem mais positivos quando jogou a partir do flanco.

Fonte. ojogo.pt