Lugar reservado na fase de grupos da Taça da Europa da FIBA

Dragões perderam frente ao Bnei Herzliya (85-83) mas seguem em frente na prova.

O FC Porto perdeu esta quarta-feira frente ao Bnei Herzliya (85-83), no Dragão Caixa, mas reservou um lugar na fase de grupos da Taça da Europa da FIBA. O triunfo por três pontos em Israel (68-65) acabou por ser decisivo e permitiu aos Dragões entrar directamente no Grupo C, no qual também estarão Kapfenberg Bulls (Áustria), Kataja Basket (Finlândia) e Mornar Bar (Montenegro).

Os azuis e brancos protagonizaram uma boa entrada em jogo e desde cedo demonstraram estar dispostos a lutar pela eliminatória até ao último segundo, mas o Bnei Herzliya foi mais eficaz no primeiro período (24-21). As coisas mudaram radicalmente de figura nos segundos fez minutos e o FC Porto estabeleceram um parcial de 25-15, recolhendo aos balneários com sete pontos de vantagem sobre os israelitas e excelentes percentagens de lançamento (46-39).

Era de esperar que o Bnei Herzliya reentrasse forte após o intervalo e foi precisamente isso que aconteceu: foram os israelitas a chegar na frente ao quarto e decisivo período (66-63). Os últimos dez minutos foram verdadeiramente electrizantes e de incerteza até ao fim, mas não tiraram o FC Porto da fase de grupos, pese embora a vitória israelita (85-83). Por tudo o que fizeram no cômputo geral da eliminatória, seria uma tremenda injustiça os Dragões não continuarem em prova.

“Perdemos, mas estou muito contente pois fomos melhores ao longo dos 40 minutos. No lance final, eles foram inteligentes e evitaram o prolongamento. A equipa trabalhou e jogou bem frente a um adversário de grande nível. É bom mantermos-nos na Europa e estou feliz por nos termos apurado directamente. Quando jogamos com ambição, jogamos bem. Não estávamos na nossa máxima força, mas a equipa deu uma excelente resposta e isso dá ainda mais valor ao que fizemos”, afirmou Moncho López no final da partida, em declarações ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-BNEI HERZLIYA, 83-85
Taça da Europa FIBA, 2.ª ronda de qualificação, 2.ª mão
11 de Outubro de 2017
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Anthonie Sinterniklaas (Holanda), Zoran Mitrovski (Macedónia) e Hugues Thepenier (França)

FC PORTO: Pedro Pinto (11), Marcus Gilbert (5), Miguel Queiroz (8), Will Hanley (16) e Sasa Borovnjak (18)
Jogaram ainda: André Bessa, Pedro Bastos (13), Ferrán Ventura (3), António Monteiro (9), Miguel Miranda, Vladyslav Voytso e Keven Gomes
Treinador: Moncho López

BNEI HERZLIYA: Taurean Green (8), Shawn Dawson (14), Tom Maayan (2), Jeff Adrien (18) e Halil Kanacevic (13)
Jogaram ainda: Samuel Singer (7), Xavier Thames (11), Derrick Sharp, Amit Erlich, Noam Avivi, Alex Rosenberg (8) e Dominique Archie (4)
Treinador: Michael Gorke

Ao intervalo: 46-39
Parciais: 21-24, 25-15, 17-27, 20-19

Fonte: fcporto.pt