Francisco J. Marques: “Ainda não teve tempo de pedir aos árbitros das três últimas saídas do Benfica”

O diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, reagiu às explicações do Videoárbitro do Portimonense-FC Porto, que assume ter errou no lance do penálti a favor dos Dragões em Portimão.

Foi através de cinco pontos, enumerados na rede social Twitter, que é assim que Francisco J. Marques reagiu esta quarta-feira à notícia de que Vasco Santos, vídeoárbitro do Portimonense-FC Porto, assumiu ter errado ao confirmar o penálti que permitiu aos Dragões abrir o marcador em Portimão, na quinta jornada.

“O Conselho de Arbitragem pôs hoje Vasco Santos a reconhecer que errou ao validar como VAR o penálti do Portimonense-FC Porto, mas ainda não teve tempo de pedir o mesmo aos árbitros das três últimas saídas do Benfica no passado campeonato”, lê-se no primeiro tweet.

O diretor de comunicação do FC Porto estranha este silêncio: “Esta oficialização do erro em Portimão em contraponto ao silêncio após as falhas nos jogos que atribuíram o último campeonato é especialmente grave se compararmos a quantidade de erros e a influência na competição”, acrescenta na segunda de cinco publicações que terminam com uma dúvida: “Estes erros entregaram o título e o Conselho de Arbitragem não teve tempo de pedir a gravação de vídeos de mea culpa, ou então não considerou estes casos erros, o que será ainda mais grave”.

Fonte: ojogo.pt