Folha: «Vamos dar o nosso máximo para ganhar»

FC Porto B recebe o Gil Vicente na jornada inaugural da Ledman LigaPro (domingo, 16h00).

A edição 2017/18 da Ledman LigaPro está quase a começar e o FC Porto B arranca em casa, frente ao Gil Vicente, na jornada inaugural da prova. O jogo disputa-se no domingo, às 16h00 (Porto Canal), no Estádio de Pedroso, e António Folha reconheceu que os Dragões terão pela frente “um adversário muito difícil”. Também por isso, o treinador quer que os jogadores “lutem pelo jogo até ao fim de uma maneira intensa, nunca se dando por vencidos”.

Jovens para fazer crescer
“Temos muita juventude, ainda estamos no início da assimilação das ideias, mas o trabalho desenvolvido até agora tem sido muito positivo. Os resultados têm sempre algum impacto mas, nesta altura, estou mais preocupado com outros pormenores que assentam no crescimento diário dos jogadores. Obviamente que ganhar é ótimo, mas perder também nos alerta para outras coisas. O importante é assimilar as ideias, em cima de vitórias ou de derrotas.”

O primeiro onze oficial
“É natural que já tenha uma ideia da equipa que vai iniciar o jogo contra o Gil Vicente, mas aqui há muitos jovens que ao longo da época terão oportunidade de mostrar as suas capacidades. Para esta jornada, o treinador tem uma ideia, mas o mais importante é eles estarem focados no trabalho diário para irem crescendo ao longo da competição.”

O Gil Vicente
“Neste momento, o jogo mais exigente é o próximo. Vamos defrontar um adversário muito competente, por isso vamos ter muitas dificuldades. Vamos dar o nosso máximo para ganhar o jogo, sabendo que vamos ter um adversário muito difícil pela frente.”

A filosofia de sempre
“Neste primeiro jogo, enquanto treinador, quero que a equipa consiga fazer algo do que temos trabalhado, e temos trabalhado muito ao longo da pré-época. Espero que possamos fazer um jogo de qualidade e ambicioso na procura do golo. Quero que os meus jogadores lutem pelo jogo até ao fim de uma maneira intensa, nunca se dando por vencidos. Essa tem de ser a nossa filosofia.”

Qualidade e evolução
“Temos muitos jovens na equipa e sabemos que há muita qualidade neles, por isso é que eles estão aqui. Obviamente que, isso por si só, não chega. Estou convencido de que esta equipa, com o passar das jornadas, vai crescendo no campeonato. É um campeonato exigente, mas acredito que eles vão dar boas respostas.”

Fonte: fcporto.pt