Get a site

Baliza “fica muito bem entregue a Diogo Costa” na final da Taça

Antigo guarda-redes Jorge Amaral faz a antevisão da final da Taça de Portugal, entre FC Porto e Benfica. Considera que sem Uribe os dragões perdem intensidade, mas acredita que Danilo ou Sérgio Oliveira vão dar conta do recado.

O antigo guarda-redes Jorge Amaral considera que a baliza do FC Porto “fica muito bem entregue a Diogo Costa” na final da Taça de Portugal, se for essa a opção do treinador Sérgio Conceição.

Do lado do FC Porto há a dúvida de quem vai estar na baliza no embate com o Benfica, Diogo Costa ou Marchesin. Jorge Amaral acredita que Sérgio Conceição vai manter o jovem guarda-redes nos jogos da Taça, até porque dá garantias à equipa.

“Penso que vai manter o Diogo Costa. É um guarda-redes que dá totais garantias, sereno, que dá tranquilidade à sua defesa. Não vai ser por aí. Independentemente de achar que Marchesin é uma guarda-redes que ganha muitos pontos, a baliza fica muito bem entregue ao Diogo Costa nesta final. Não é por ele que as coisas vão correr menos bem.”

Uribe é ausência certa nos dragões devido a lesão. Jorge Amaral considera que o FC Porto perde na pressão alta, mas acredita que Danilo ou Sérgio Oliveira vão dar conta do recado.

“Uribe é um jogador que consegue pressionar mais alto, a aparecer como fez em Braga e marcou um golo. Era um jogador que estava em crescendo. Pode falar alguma capacidade de pressão no meio campo, mais à frente. Um meio campo com Sérgio Oliveira e Danilo pode não ser tão pressionante, mas terá mais bola, se calhar com mais ideias”, afirma Jorge Amaral.

Nesta entrevista a Bola Branca, o antigo guarda-redes atribui algum favoritismo ao Porto, que “está melhor e terá alguma vantagem”, mas recorda que uma final tem sempre um “resultado imprevisível”.

“Uma final é sempre um jogo diferente, independentemente do momento das equipas. O Porto, depois de ter conquistado o título nacional, ficou uma equipa mais solta e liberta. Os jogadores do Benfica podem ter esta moral acrescida de se quererem mostrar ao novo treinador, é a única oportunidade que têm de ganhar alguma coisa.”

O FC Porto – Benfica está agendado para as 20h45 de sábado.

Fonte: rr.sapo.pt