Andebol: Dragões continuam no topo

Equipa de Magnus Andersson bateu em Setúbal o Vitória (22-17), em jogo da 16.ª jornada do Andebol 1.

O FC Porto Sofarma foi ao terreno do último classificado Vitória de Setúbal ganhar por 22-17, na 16.ª ronda do Andebol 1, e permanece no primeiro lugar da prova, juntamente com o Sporting (47 pontos).

Numa primeira parte rijamente disputada, o conjunto sadino esteve à frente por dois em duas ocasiões e deu muito trabalho aos campeões nacionais, em larga medida fruto das inspiradas exibições do guarda-redes Alan Lima e do lateral Joaquim Nazaré, o melhor marcador da etapa inicial (quatro golos) e da partida (seis ao todo). No entanto, os Dragões, pouco antes do descanso, fizeram valer o favoritismo e também lideraram com uma diferença de dois, sendo que ao intervalo o placar assinalava 12-11 em favor dos azuis e brancos.

No segundo tempo, o equilíbrio manteve-se e o Vitória de Setúbal até retomou a dianteira do desafio, mas à entrada para os últimos dez minutos a formação de Magnus Andersson cavou pela primeira vez um fosso de três golos entre as equipas (15-18), através de Miguel Martins, o portista mais concretizador, a par de Rui Silva, com quatro remates certeiros. Até ao final o coletivo azul e branco alargou distâncias e acabou por vencer com uma vantagem de cinco, a maior do encontro.

O FC Porto Sofarma volta a jogar já na próxima quarta-feira. O confronto da 17.ª jornada do Andebol 1 face ao Belenenses, no Dragão Arena, começa às 20h30.

FICHA DE JOGO

VITÓRIA DE SETÚBAL-FCPORTO SOFARMA, 17-22
Andebol 1, 16.ª jornada
7 de dezembro de 2019
Pavilhão Antoine Velge, Setúbal

Árbitros: Miguel Ventura e João Mendes

VITÓRIA DE SETÚBAL: Alan Lima e Alexandre Moura (g.r.), Uros Markovic, Ricardo Pereira (2), David Rodrigues (1), Gonçalo Cunha (4), Nikola Egic (2), Duarte Pereira, Tiago Martins, David Tavares, Gonçalo Valério, Tiago Costa (1), João Moura, Artur Pereira, Gonçalo Grácio (1) e Joaquim Nazaré (6)
Treinador: Luís Monteiro

FC PORTO SOFARMA: Thomas Bauer e Alfredo Quintana (g.r.), Victor Iturriza (2), Yoan Balázquez, Miguel Martins (4), Djibril M’Bengue (2), Rui Silva (4), Daymaro Salina (3), Rúben Ribeiro, Leonel Fernandes, Diogo Branquinho (3), André Gomes (1), Miguel Pinto (3) e Fábio Magalhães
Treinador: Magnus Andersson

Ao intervalo: 10-11

Fonte: fcporto.pt